15 de abril de 2020 Mercado Imobiliário

Curva V na retomada econômica pós-pandemia: é possível prever?

FONTE: -A +A
COMPARTILHAR:

A sociedade como um todo, e principalmente os economistas, vivem a nova realidade de analisar continuamente os cenários à medida em que se apresentam. É possível prever, em curto prazo, como será o futuro do Brasil, economicamente?

Já é possível perceber, após os dois meses de rígido confinamento, manifestações positivas na economia chinesa. Alguns levantamentos apontam que 75% da capacidade produtiva no país foi retomada, e este movimento pode indicar a Curva V de recuperação. Ela faz referência a uma queda brusca, seguida de uma ascensão igualmente marcada em um gráfico. Uma recuperação em forma de V representa as medidas econômicas que os especialistas criam ao examinar recessões e recuperações.

Para Robin Brooks, economista-chefe do International Institute of Finances, “parece uma recuperação bastante forte da China”. Ele e sua equipe esperam uma forte contração no PIB chinês no primeiro trimestre e, em seguida, uma recuperação sólida no segundo.

A partir da análise da Bloomberg, uma recuperação na segunda maior economia do mundo representaria alívio ao restante dos países. Em caso de contenção do vírus, flexibilizando as medidas de distanciamento social por volta de maio, e com os estímulos do governo, a retomada de fábricas e empresas incentivariam a normalização dos níveis de produção.

O cenário é otimista, mas, para isso, é importante conter o avanço da covid-19. A dica é: se puder, fique em casa, respeite as recomendações de higiene e conduta social, e contribua para que possamos ver novos e positivos horizontes muito em breve!

COMENTÁRIOS:

E ai, o que achou?
Deixe o seu comentário!