18 de janeiro de 2021 Mercado Imobiliário

Investir em imóveis é opção mais segura desde o século passado

FONTE: -A +A
COMPARTILHAR:
Investimento em imóveis

Os nossos avós já diziam. Investir em imóveis é a opção mais segura que existe! Nem mesmo os problemas econômicos causados pela pandemia impediram o crescimento do setor no Brasil. Um estudo elaborado anualmente pela Urban Systems, o “Ranking das Melhores Cidades para Fazer Negócios”, mostra que em 2020, os indicadores do mercado imobiliário foram superiores aos de 2019, mesmo com o impacto da pandemia do novo coronavírus sobre a saúde e a economia.

Além disso, a pesquisa também aponta um aumento de vagas de emprego no setor da construção civil que, em setembro de 2020, registrou um crescimento de 10% em comparação a 2019 – de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

Com a taxa básica de juros, Selic, atuando em índices mínimos históricos – e previsão que se mantenha nesse patamar – o mercado de imóveis tem o apoio e o espaço necessário para continuar crescendo. Por esse e por outros motivos, o mercado imobiliário é, desde o século passado, a opção mais segura de investimento.

Confira alguns caminhos que você pode seguir em 2021:

Alugar um imóvel

Com um imóvel próprio, disponibilizá-lo para aluguel pode ser uma opção. Para se ter uma ideia, 80% da geração dos millennials, que têm entre 25 e 39 anos, prefere alugar a comprar um imóvel. Com isso, esse público coloca o mercado imobiliário de aluguéis em movimento.

Apartamentos de luxo, em condomínios completos que oferecem melhor qualidade de vida, são procurados por executivos e empreendedores de classe alta, por exemplo, trazendo altos retornos para o locador.

Investir em fundos imobiliários

É possível também viver de renda aplicando em fundos imobiliários, em vez de imóveis físicos. É uma espécie de “condomínio” de investidores, que reúnem seus recursos para que sejam aplicados em conjunto. O dinheiro é usado na construção ou na aquisição de imóveis, que depois são locados ou arrendados. E os ganhos obtidos com essas operações são divididos entre os participantes, na proporção em que cada um aplicou.

Os fundos também proporcionam maior liquidez na venda dos ativos. A facilidade de venda de um ativo é maior do que a venda de um imóvel físico, por exemplo, mas também pode ter lucro menor, uma vez que os investimentos podem ser mínimos.

Comprar na planta

Comprar apartamento na planta é uma tática utilizada por muitos investidores. A valorização de um imóvel comprado na planta é um aspecto que chama bastante atenção, uma vez que, na entrega das chaves, o imóvel valerá mais do que quando o termo de compromisso de compra e venda foi assinado.

Porém, tal valorização só acontecerá se você tiver feito um bom negócio, ou seja, comprado de uma empresa idônea e que constrói edificações de qualidade. A localização do empreendimento é outro fator que influencia nesta valorização.

Veja alguns empreendimentos de alto padrão da A. Yoshii Engenharia que podem ser comprados ainda em fase de construção:

Talent – Curitiba

Mais novo empreendimento da A.Yoshii, situado em um dos bairros mais desejados da capital e a poucos metros do Clube Curitibano. Projeto contemporâneo e ambientes confortáveis para integrar a família.

Epic – Londrina

Um empreendimento diferenciado, com opções de 3 suítes, ou 2 suítes + 2 demi suítes. Área de lazer completa para toda família e entrega no prazo!

Landscape – Maringá

O edifício se destaca no skyline da cidade pela sua altura e vistas privilegiadas dos 32 pavimentos. O empreendimento possui áreas de lazer amplas e inovadoras como a quadra de beach tennis e vagas box exclusivas para cada apartamento. Com apartamentos de 211 m² privativos, a planta dinâmica permite aos moradores optarem por 2 suítes (sendo uma máster com um grande closet) mais 2 dormitórios ou 3 suítes, mais um espaço para home theater ou home office.

COMENTÁRIOS:

E ai, o que achou?
Deixe o seu comentário!