29 de abril de 2020 Lifestyle

Bioergonomia: como a saúde corporal e mental impactam no seu trabalho

FONTE: -A +A
COMPARTILHAR:

Até mesmo os ambientes de trabalho tradicionais, como os escritórios, que oferecem infraestrutura com mesas e cadeiras confortáveis, podem prejudicar a saúde dos trabalhadores. Além disso, passar muito tempo sentado e sem os alongamentos corretos, impacta diretamente na coluna vertebral. Durante a pandemia, muitas empresas adotaram o home office para manter o trabalho ativo, sem gerar aglomerações, mas a falta de cuidados posturais pode contribuir para o surgimento de outros problemas de saúde. Ou seja, o trabalho remoto pode gerar mais dores, estresse e desconforto que no escritório.

A bioergonomia é o ramo que estuda diferentes tipos de patologias posturais, consequências do período laboral. Esta ciência desenvolve formas de prevenção ou tratamentos, indicados para as diferentes rotinas e necessidades de cada paciente. O método foi desenvolvido pela fisioterapeuta Patricia Lacombe, que é presidente da Associação Brasileira de Ginástica Holística.

O tratamento da bioergonomia orienta o paciente com exercícios de correção postural. O resultado é a realização dos movimentos normais do dia a dia, com qualidade de vida, sem dor e sem desconforto. Entre os principais benefícios estão a diminuição das dores nas costas, o equilíbrio postural e a redução dos índices de cirurgia de coluna.

Além da postura, os movimentos ajudam a desenvolver uma consciência corporal, que impacta em órgãos, nervos e músculos em todo o corpo. O relaxamento provocado também reduz sintomas de ansiedade e outras patologias relacionadas à saúde mental.

Confira alguns exercícios que você pode praticar em casa, com o auxílio de objetos ou móveis que você já tem, para melhorar a sua saúde corporal e mental nas atividades do dia a dia:

Redresser
Em pé, pés unidos se possível, ou com os pés paralelos e afastados na largura do quadril. Entrelaçar os dedos das mãos e posicioná-los atrás da cabeça, na região da nuca. Olhar para frente, no horizonte. A) A cada expiração imprimir uma pequena força da cabeça contra as mãos e utilizar esta força para crescer em direção ao teto. Repetir 3 vezes, descansar, sentir o corpo e a cabeça. B) Repetir o movimento com as mãos entrelaçadas atrás do pescoço. Bem no meio da curva cervical. Fazer 3 vezes.

Quatro sentado
Sentado sobre um banquinho ou cadeira. Cruzar uma perna sobre a outra, formando um quatro. Apoiar as mãos na perna de cima e inclinar o tronco um pouco para frente, utilizando como dobradiça a articulação do quadril, até sentir alongar a região do glúteo. Manter a coluna bem alinhada. Contar 30 segundos e descansar. Fazer 3 vezes de cada lado.

Costura do braço
Sentado com pernas cruzadas. Com a ponta dos dedos da mão segurar na lateral do dedão oposto e puxar a pele. Subir por toda a parte interna do antebraço e braço como se fizesse uma “costura” interna de uma camisa. Terminar embaixo da axila. Repetir 3 vezes, sempre de baixo para cima. Virar a palma da mão para cima e repetir do dedinho até a axila. Repetir 3 vezes. Observar o corpo e fazer do outro lado.

COMENTÁRIOS:

E ai, o que achou?
Deixe o seu comentário!